quinta-feira, 10 de junho de 2010

A Lenda de Céu

Amiga, eu não sei vc, mas quando eu gosto de uma música, ou álbum, ou do músico, eu posso escutar o mesmo trecho, cantor, álbum 20 milhões de vezes até alguém se irritar comigo ou aparecer algo que eu goste também...

Quando criança, minha mãe amava a “Love’s in the Air”, mas ela só sabia cantar essa frase... Claro que compramos o CD pra ela e eu coloquei para repetir a mesma bendita música 15 vezes até ela cansar ou pensar em aprender o resto da letra...

Mas enfim, eu num sei se vc conhece o trabalho da Céu.

Maria do Céu é paulista e filha de um grande maestro e compositor que foi responsável pelos arranjos do Balão Mágico. A mãe dela á artista plástica. Isso significa que a minina tem a veia artística. E não bastasse tudo isso, ela é irmã de Diogo Poças ( um dia falo dele pra vc), que tem 16 anos de música publicitárias nas costas e hoje se dedica à cantar e compor.

A Céu tem um estilo único. Uma mistura de MPB, samba, jazz e eletro. Na real, algo meio impossível de ser definido ou rotulado. O cruel é sempre saber que uma artista como ela precisou ser reconhecida no exterior para conseguir ter sua música divulgada aqui. Já foi indicada para prêmios como Grammy.

O que me leva a lembrar que eu só consegui comprar o primeiro CD dela, depois de meses tentando achar aqui pelo Brasil, quando fui morar nos USA. Café no Starbucks ao som de Céu foi demais...

Mas enfim, Céu é uma artista que não me canso nunca de escutar. Talvez porque ela também nunca se canse de experimentar e pode reinventar a mesma música quantas vezes ousar!

Umas das músicas que mais amo, tem um quê muito sexy e letra de conto de fadas... Fica aque com Lenda e depois me diga o que achou, tá???

Au Revoir!

Bianca de Neve (que não acredita em Contos de Fadas!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário